Viajar sem saber falar inglês

Saber o inglês não é garantia de que você estará livre de perrengues na sua viagem pelo mundo. Existem certas limitações quando não sabemos a língua local, mas não é impedimento para você viajar pelo mundo caso não tenha a fluência no idioma. Viajar pelo mundo sem inglês? Sim! Veja como.

Porque dá para viajar pelo mundo sem inglês?

Nem sempre ele é essencial: Não é todo lugar que você encontrará pessoas que falem o inglês. Moradores locais dos países onde o inglês não é a língua materna (como América Latina e Ásia por exemplo) normalmente também não falam inglês, e aí, outras formas de comunicação prevalecem.

A língua dos sinais é universal. Você, mesmo no Brasil, somente se comunica de forma verbal? Com certeza, não! Nossa línguagem corporal fala muito, pelos gestos, olhares, sorrisos, mímicas e até desenhos. Por que não se pode viajar pelo mundo e se comunicar dessa forma?

Você não é o único. Você será só mais um viajante que não sabe inglês. Tenha a certeza que existem muitos outros por ai, na mesma situação. Além disso muitos viajantes também não possuem o inglês como língua oficial e por isso são mais tolerantes e pacientes com quem não consegue se comunicar fluentemente.

A tecnologia a favor do viajante: Quando você precisa descobrir como tal palavra se escreve ou se fala, em outro idioma, você provavelmente já solicitou auxílio ao tradutor do Google, não é mesmo? Por que você não poderia fazer isso no estrangeiro, já que você leva o celular sempre com você?

É na necessidade que se aprende. Você poderia fazer inglês por vários e vários meses, talvez até por vários anos, e talvez o seu inglês não fosse tão bom quanto o seu certificado diz. Porém, na prática, as coisas são diferentes. Com a comunicação diária, você aprende de maneira natural e quando menos esperar, estará se virando super bem.

Não há motivos para você não se preparar antes de viajar. Muitas pessoas acham o aprendizado do novo idioma difícil, chato e inalcançável. Uma viagem pelo mundo lhe da um objetivo para estudar e te deixa motivado! Há inúmeros aplicativos, canais no Youtube, sites e blogs, para você estudar, inclusive de graça.

Dicas para viajar sem inglês

Espero que você já esteja mais convencido de que é possível viajar pelo mundo sem ser fluente em inglês. Veja mais algumas dicas:

Sorria e seja simpático! Simples e super eficiente. As pessoas são mais receptivas se você abordá-las de maneira amigavel e educada e farão o possível para lhe ajudar. Você não faria o mesmo, caso fosse abordado por um estrangeiro na sua cidade?

Seja cara de pau e use da criatividade na hora da necessidade. Lembre-se que você muito provavelmente nunca mais verá essa pessoa e não há motivos para se ter vergonha por não saber algo. Ninguém sabe tudo sobre todas as coisas e viajar é aprender, principalmente a sair da zona de conforto!

Prepare a documentação necessária para apresentar na imigração e tenha a rota do aeroporto, rodoviária ou estação de trêm até a sua hospedagem escrita (mesmo que seja no celular), com endereço completo e telefene. Poderá ser a melhor forma de pedir ajuda sem precisar falar inglês.

Crie um dicionário, totalmente personalizado para as suas necessidades básicas no idioma local. Inclua nele expressões e frases, como: obrigado! Por favor! Que horas são? Como faço para chegar a…? Quanto custa? Onde fica o (transporte) mais próximo? Desculpe, eu não falo inglês.

Tenha fotos de itens básicos para pedir ajuda quando necessário: banheiro, água, taxi, metrô, ônibus, bateria de celular e carregador, farmácia, caixa eletrônico, telefone, etc. Ao mostrar uma dessas fotos para alguém, certamente você irá conseguir o que precisa.

Números são universais, então não deixe de ter uma caneta a pedaço de papel consigo caso precise escrever “2” e mostrar a foto de uma água ou o número de um ônibus por exemplo.

-Não deixe de ter instalado no seu smartphone: Mapa offline, que lhe salva caso não tenha conexão de wifi, tradutor de idioma que mesmo não sendo perfeitos, são suficientes para sermos entendidos.

-Caso não tenha plano de dados, aproveite o wifi da sua hospedagem para verificar as rotas e o transporte público que usará naquele dia. Se achar preciso, tenha o nome dos locais por escrito, assim fica fácil mostrar a alguém que poderá lhe dar a direção.

-Para as refeições, se achar que pode ser surpreendido de maneira negativa com as comidas locais, procure por cardápios com foto ou locais em que possa ver o que será servido. De qualquer forma, com sanduíches e saladas não tem muito segredo. Pizza e hambúrguer você encontra no mundo todo e tem sempre uma “margherita” para te salvar!

Considere a questão do idioma somente como mais um detalhe da sua viagem pelo mundo e saiba que tudo se transforma em aventuras e aprendizados.

Faça o seu planejamento de viagem, realize o seu sonho. Muitas pessoas estão viajando pelo mundo sem inglês neste momento, em breve pode ser você!

Se você gosteu deste post, não deixe de se inscrever aqui no menu lateral para receber muito conteúdo bacana, direto em sua caixa de entrada!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!